Fecam é contrária a relaxamento de medidas sanitárias

A Federação dos Municípios de Santa Catarina, a Fecam publicou uma nota em que se manifesta contrária, junto com as entidades que compõem o COES, às novas portarias do governo do Estado com relação o combate ao coronavírus. O diretor executivo, Dionei Walter da Silva, destaca que o estado vive o pico mais alto da pandemia do coronavírus desde o início das medidas de contenção da doença em março. Ele reforça que a decisão foi sem embasamento científico, em especial considerando que o período de festas e férias de verão.

Dionei detalha que os municípios não foram consultados antes de o Estado adotar as medidas.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.