Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

18 de abril de 2024 Rio do Sul
  • REF1_Unimed AV_Banner_Portal_GCD_BannerDesk (3) (1)

Setores relevantes para SC estão fora do novo projeto sobre desoneração


Por GCD Publicado 01/03/2024 às 15h26
Setores relevantes para SC estão fora do novo projeto sobre desoneração
Foto: Pedro França Agência Senado

Após a reversão da Medida Provisória que propunha a reoneração da folha de pagamento para o setor produtivo, o governo federal lança um novo projeto de lei abordando o tema. A Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) expressa reservas em relação à proposta.

A Fiesc demonstra apreensão quanto à exclusão de setores econômicos relevantes para o estado do incentivo proposto no novo projeto. O presidente da entidade, Mario Cezar de Aguiar, destaca a frustração de segmentos como têxtil, confecções. Além disso, vestuário, máquinas e equipamentos, e proteína animal, que já enfrentam desafios econômicos.

A medida parcial, que desonera apenas a parte da folha equivalente ao salário mínimo, é vista pela FIESC como desfavorável para a indústria. Aguiar explica que, se a proposta for aprovada nos termos atuais, a carga tributária aumentará não apenas para os setores excluídos, mas também para os contemplados.

A Fiesc espera uma revisão no Congresso para incluir setores intensivos em mão-de-obra. Como confecções, vestuário e proteína animal, e reavaliar o aumento da carga para os demais. Destaca ainda que a carga tributária continuará crescendo até 2027. Conforme o projeto de lei, que prevê aumentos graduais para os setores contemplados nos próximos três anos.

Receba as notícias em primeira mão. Entre em nossa comunidade do WhatsApp.

  • AmandaFM_PrimeiroLugar_BANNER_728x90 (1)

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store