Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

18 de abril de 2024 Rio do Sul
  • REF1_Unimed AV_Banner_Portal_GCD_BannerDesk (3) (1)

Redução de chuvas e veranico devem marcar os próximos meses


Por GCD Publicado 01/03/2024 às 11h15
Redução de chuvas e veranico devem marcar os próximos meses.
Foto: Freepik

Os meses de março, abril e maio marcam a transição do verão para o outono em Santa Catarina. Conforme nota meteorológica divulgada pela Secretaria de Estado de Proteção e Defesa Civil, é esperada uma redução significativa nas precipitações em comparação aos meses anteriores. 

Embora março ainda possa apresentar chuvas nas áreas litorâneas, os volumes esperados são inferiores em relação aos observados nos meses precedentes, especialmente nos planaltos. Isso ocorre devido ao enfraquecimento da circulação marítima. No litoral e na região Oeste, espera-se um volume de chuva entre 150 e 200 mm ao longo do mês. Por outro lado, nos planaltos e Meio-Oeste, os acumulados médios ficam na faixa de 100 a 150 mm. Em abril, já no outono, as precipitações diminuem ainda mais, atingindo valores em torno de 100 mm na maioria das regiões.

À medida que maio se aproxima, com a chegada iminente do inverno, as frentes frias se tornam mais frequentes, resultando em um aumento nos volumes de chuva no Grande Oeste, Planalto Sul e Litoral Sul, variando entre 125 e 200 mm. No entanto, nas demais áreas do estado, os acumulados não ultrapassam os 100 mm. Essas mudanças sazonais refletem a variação climática característica desse período em Santa Catarina.

No próximo trimestre, o fenômeno El Niño enfraquece progressivamente, aproximando-se da neutralidade. A condição deixa de exercer influência nos padrões de chuva e temperatura no estado. Apesar desse declínio, a atmosfera leva algum tempo para se ajustar à diminuição do fenômeno. Em consequência, a transição ocorre de forma gradual, resultando na expectativa de chuvas acima da média, especialmente nos meses de março e abril. 

Para todo o trimestre, as temperaturas devem ficar dentro da média, com possibilidade de dias consecutivos mais quentes, conhecidos como veranicos.

Receba as notícias em primeira mão. Entre em nossa comunidade do WhatsApp.

  • AmandaFM_PrimeiroLugar_BANNER_728x90 (1)

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store