Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024 Rio do Sul
  • ref_B_Unimed AV_Campanha_Laboratório_ETAPA_03_BANNER-GCD_970x250px

Polícia Militar inicia segunda etapa da Operação Nárke

Esforço conjunto visa combater o tráfico de drogas em Santa Catarina


Por GCD Publicado 24/06/2024 às 14h22
Casal é preso por embriaguez ao volante após acidente em Rio do Sul
Casal é preso por embriaguez ao volante após acidente em Rio do Sul – Foto: PMSC

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) iniciou a segunda etapa da Operação Nárke, um esforço coordenado para combater o tráfico de drogas no Estado. Portanto, a operação, que ocorre de 24 a 28 de junho, está alinhada ao Programa Nacional de Enfrentamento às Organizações Criminosas (ENFOC), instituído pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

📲 Receba no WhatsApp notícias da região do Alto Vale

Primeira fase e novos objetivos

A primeira fase da Operação Nárke ocorreu em abril, focando no cumprimento de mandados pelas polícias judiciárias. Agora, a PMSC marcará a segunda fase com ações ostensivas que visam não apenas reprimir o tráfico de drogas, mas também reduzir a percepção de insegurança entre a população.

LEIA TAMBÉM

Repressão e segurança

O principal objetivo da Operação Nárke é garantir que tanto o risco real quanto a percepção de risco relacionados ao tráfico de drogas sejam reduzidos. As ações incluem assim, a repressão e coibição de atividades criminosas ligadas ao tráfico de drogas, além da redução dos indicadores de criminalidade relacionados ao tráfico de drogas e crimes conexos.

Atuação em rodovias e áreas urbanas

A operação será desenvolvida assim no enfrentamento ao tráfico nas rodovias. Com foco em prisões em flagrante por transporte de grandes quantidades de drogas em rodovias estaduais e rotas alternativas. Além disso, em áreas urbanas, a equipe realizará ações concentradas em locais suspeitos de venda de drogas e pontos de armazenamento.

Declaração do Comando-Geral

De acordo com o comandante-geral da PMSC, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa, a operação representa um esforço contínuo e coordenado para combater o tráfico de drogas e as consequências devastadoras para a nossa sociedade. “Nossos policiais estão diuturnamente nas ações ostensivas e repressivas para coibir assim esse delito e garantir a ordem pública do povo catarinense”, afirma.

  • AmandaFM_PrimeiroLugar_BANNER_728x90

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store