Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

17 de junho de 2024 Rio do Sul
  • ref_B_Unimed AV_Campanha_Laboratório_ETAPA_01_BANNER-GCD_970x250px

Polícia Federal prende homem em Apiúna por posse e compartilhamento de imagens abuso sexual infantojuvenil

A investigação começou após denúncias sobre o compartilhamento de fotos e vídeos pornográficos de crianças e adolescentes via aplicativo de mensagem


Por Cristiane Faustino Publicado 17/05/2024 às 18h28
Polícia Federal prende homem em Apiuna por posse e compartilhamento de imagens abuso sexual infantojuvenil
Polícia Federal prende homem em Apiuna por posse e compartilhamento de imagens abuso sexual infantojuvenil. Foto: Ilustração/Freepik

A Polícia Federal prendeu em flagrante um homem, em Apiúna, por posse e compartilhamento de imagens de abuso sexual infantojuvenil na internet. A prisão ocorreu nesta sexta-feira, 17, durante o cumprimento de três mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal.

LEIA TAMBÉM:

Polícia Federal prendeu o homem após investigações e denúncia

A investigação começou após denúncias sobre o compartilhamento de fotos e vídeos pornográficos de crianças e adolescentes via aplicativo de mensagem.

Portanto, utilizando técnicas de investigação cibernética, os agentes identificaram que o suspeito compartilhava os arquivos a partir da cidade de Apiúna, no Médio Vale do Itajaí.

Durante a operação, foram apreendidos um computador portátil, além disso, seis celulares e mídias de armazenamento. O material recolhido será periciado para colher provas sobre a autoria de abusos, bem como, produção e compartilhamento de material impróprio na internet, além de verificar a existência de mais conteúdo similar.

📲 Receba no WhatsApp notícias da região do Alto Vale

Pena para os crimes

O investigado responderá por crimes previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente, incluindo “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente”. A pena para esses crimes pode chegar a quatro anos de reclusão, além de multa.

  • AmandaFM_PrimeiroLugar_BANNER_728x90

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store