Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

17 de junho de 2024 Rio do Sul
  • ref_B_Unimed AV_Campanha_Laboratório_ETAPA_01_BANNER-GCD_970x250px

Operação “Alça de Mira IV” combate ao comércio ilegal de armas e munições


Por Cristiane Faustino Publicado 09/11/2023 às 15h31
Operação "Alça de Mira IV" combate ao comércio ilegal de armas e munições
Foto: MPSC

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público de Santa Catarina iniciou, na manhã desta quinta-feira, 09, com o apoio do Gaeco do Ministério Público do Paraná, o cumprimento de 90 ordens de busca a apreensão, expedidas pelo juízo da Vara Criminal da Comarca de São Miguel do Oeste. Portanto, as buscas ocorrem em 20 cidades de Santa Catarina e em uma no Paraná. A Operação “Alça de Mira IV” combate ao comércio ilegal de armas e munições.

A investigação, foi conduzida pelas 2ª e 4ª Promotorias de Justiça da Comarca de São Miguel do Oeste. Ela apura a prática dos crimes de comercialização ilegal de armas e posse ilegal de armas e munições. Em sua quarta fase, 90 mandados judiciais de busca e apreensão estão sendo cumpridos por 190 integrantes das forças de segurança pública. Além disso, até o momento, durante a operação deflagrada hoje, 22 pessoas foram presas em flagrante delito. 

Operação Alça de Mira

O nome escolhido faz alusão ao componente/peça de armamento utilizada para direcionar e dar precisão ao disparo, ou seja, mirar. A alça de mira é a parte que fica mais próxima aos olhos do atirador, na traseira de uma arma que, quando alinhada com a mira frontal, direciona a pontaria do equipamento.

  • AmandaFM_PrimeiroLugar_BANNER_728x90

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store