Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

18 de abril de 2024 Rio do Sul
  • REF1_Unimed AV_Banner_Portal_GCD_BannerDesk (3) (1)

Veículos pesados trafegam na área urbana de Rio do Sul mesmo com restrição


Por GCD Publicado 28/02/2024 às 12h31
Veículos pesados trafegam na área urbana de Rio do Sul mesmo com restrição
Foto: Redação GCD

Desde o dia 14 de fevereiro, o prefeito de Rio do Sul, José Thomé, decretou a restrição de tráfego de veículos com Peso Bruto Total superior a 40 toneladas na área urbana do município. Porém, o tráfego de veículos pesados ainda existe, o que prolonga ainda mais a viagem para quem transita diariamente na Estrada da Madeira. 

Éder Kreusch, comandante da Guarda Municipal de Rio do Sul, menciona que a falta de efetivo prejudica a fiscalização. “A Guarda Municipal, como está cuidando em três pontos, em horários de pico, que seria na rua Pedro Avelino com a rua Estrada da Madeira, aqui na curva do Catarinão e também no Jardim Alexandre. Então, a gente está revezando esses pontos e a fiscalização é conforme o decreto. Acontece que alguns estão passando nos horários que estão sem fiscalização. Temos uma demanda muito grande aqui e está complicado para ficar direto”, conta.

O condutor que não respeitar o decreto está sujeito a uma infração média de R$195,00, valor que muitas vezes compensa pagar para não usar rotas alternativas que pode acrescentar até 3h a mais na viagem. A prefeitura orienta os caminhoneiros a procurarem outras opções de rotas, como por exemplo a BR-282.

Fiscalização do excesso de peso

Conforme o Policial Rodoviário Federal, Adriano Fiamoncini, a PRF fiscaliza o excesso de peso em veículos de carga com base na nota fiscal. Porém, não existe balança pública na região, facilitando a prática de fraudes, como destaca Fiamoncini. “Quando realmente há uma evidência muito grande de que pode haver fraude no peso declarado na nota fiscal ou diante da falta da nota fiscal, a PRF faz uso de balanças particulares. Desde que os equipamentos estejam devidamente aferidos pelo Inmetro. Mas, é claro que é uma solução emergencial e esporádica, porque atrapalha a rotina das empresas. O ideal é que houvesse uma balança oficial pública na BR-470 para um controle mais eficaz do excesso de peso em veículos de carga”.

Conforme nota do DNIT, responsável pelas balanças nas rodovias federais, a fiscalização acontece por meio de balança móvel. A medida permite a fiscalização em diversos trechos da BR-470/SC e também em outras rodovias.

Vale ressaltar ainda que o tráfego de veículos em Rio do Sul a partir de quinta-feira, 29, pela rua Norita Schütz, no bairro Budag, em Rio do Sul, terá alterações. A rua que hoje é em mão dupla, terá o fluxo de veículos em apenas um sentido, da Estrada da Madeira em direção a rua Engenheiro Odebrecht.

A saída de veículos do SESC deve ser, obrigatoriamente, pela rua Engenheiro Odebrecht, em direção a rua Rodolfo Anton, até chegar à Estrada da Madeira.

Receba as notícias em primeira mão. Entre em nossa comunidade do WhatsApp.

  • AmandaFM_PrimeiroLugar_BANNER_728x90 (1)

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store