Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

17 de junho de 2024 Rio do Sul
  • ref_B_Unimed AV_Campanha_Laboratório_ETAPA_01_BANNER-GCD_970x250px

Após aplicação do Voxzogo, menino com nanismo cresce três centímetros


Por Cristiane Faustino Publicado 29/09/2023 às 17h47
Quatro meses após aplicação do Voxzogo, menino com nanismo cresce três centímetros
Foto: Arquivo Pessoal

Quatro meses após a aplicação do Voxzogo, menino com nanismo cresce três centímetros e segue com o acompanhamento multidisciplinar. Em março, a nossa equipe do Grupo de Comunicação contou a história de um menino de Rio do Sul, diagnosticado com nanismo.

Marcelo Felipe Nagel, está com cinco anos e foi diagnosticado aos quatro meses com acondroplasia, conhecida como “nanismo”, transtorno caracterizado por uma deficiência no crescimento dos ossos e que afeta uma a cada 25 mil pessoas. A gestação, de acordo com a mãe, Rúbia Mara da Silveira, foi tranquila até que na última morfológica, o médico notou algumas anormalidades.

Em março deste ano, a família, que mora em Rio do Sul, conseguiu da Justiça o medicamento Voxzogo, que auxilia no tratamento da doença e que deve ser tomado até a puberdade, ou seja até o Marcelo completar os seus 18 anos. Com a liminar favorável, a família se deparou com um problema, a conservação do medicamento. Após a veiculação da matéria, na programação da Amanda FM, uma empresa de Agronômica se sensibilizou com a história do Marcelinho e fez a doação do equipamento.

De acordo com a mãe Rúbia foi uma corrida contra o tempo para conseguir o equipamento. “Recebemos o medicamento dia 10 de março, quando veio a notícia favorável foi aquela correria, sobre informações, eu já sabia que necessitava de uma refrigeração. Fizemos a campanha, a gente obteve sucesso para comprar o refrigerador de transporte e a estacionária a ganhamos de doação da Elber, que ouviu pela rádio”, conta.

Menino tem acompanhamento com equipe multidisciplinar

Desde a descoberta até agora, Marcelo faz o acompanhamento com uma equipe multidisciplinar composta por neurologista, endocrinologista, nutricionista, oftalmologista e fisioterapia. A mãe conta que, após quatro meses do tratamento, o filho retornou ao médico e na consulta foi comprovada a eficácia do Voxzogo.

Rúbia comemora a evolução do filho. “A saúde e principalmente a imunidade dele melhoraram bastante. Além disso, ele está reagindo bem, até agora não teve efeitos colaterais. Os resultados estão ótimos e torcer para que sempre seja assim, que o Marcelo responda sempre bem ao medicamento”, finaliza.

  • AmandaFM_PrimeiroLugar_BANNER_728x90

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store