Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

26 de fevereiro de 2024 Rio do Sul
  • REF1_Unimed AV_Banner_Portal_GCD_BannerDesk (1)

HRAV recebe aparelho de ressonância magnética

Equipamento avaliado em R$ 4,3 milhões entra em operação na segunda quinzena de novembro


Por GCD Publicado 06/11/2023 às 09h03
HRAV recebe aparelho de ressonância magnética
Foto: Divulgação HRAV

Na segunda quinzena de novembro, entra em operação o novo aparelho de ressonância magnética, no Hospital Regional Alto Vale, em Rio do Sul. O equipamento avaliado em R$ 4,3 milhões foi comprado através de uma emenda, na época feita pelo Senador Jorginho Mello, atualmente, governador de Santa Catarina. Adequações na estrutura também foram necessárias para a instalação do equipamento.

O médico radiologista, Pedro Vieira, destaca a eficiência do aparelho de tecnologia alemã, o mais moderno em ressonância magnética e referência em atendimento no país e em grandes centros. Vieira detalha os benefícios do novo aparelho e a qualidade no atendimento aos pacientes. “Estamos com o aparelho da mesma tecnologia dos hospitais de ponta de São Paulo. Com ele teremos exames muito mais rápidos e precisos, e principalmente, com melhor diagnóstico. Com ele vai reduzir em até um terço do tempo a aquisição do exame e o mais importante, com mais qualidade. Além disso, é mais conforto para o paciente”, relata.

Novo aparelho traz benefícios

Em 2013, o serviço de ressonância magnética passou a ser oferecido, porém após apresentar problemas depois de 10 anos de uso, foram iniciadas as tratativas para a compra de um novo equipamento para a unidade, que agora, é uma realidade para o setor, que atende toda a região.

O presidente da Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí (Fusavi), que administra o Hospital Regional, Claudio Ropelato, destaca a importância do equipamento. “Nosso aparelho de ressonância antigo, teve alguns problemas muito grave, cujo custo para conserto ficava em torno de dois milhões de reais. Então, nós estamos comprando um aparelho totalmente novo, mais moderno, com mais tecnologia e recursos, que vai atender melhor a população”, ressalta.

Além do aparelho de ressonância magnética, também foram necessárias algumas adequações na estrutura para a instalação do equipamento. O investimento, de acordo com o presidente, chega próximo aos R$400 mil. “Com o aparelho novo e mais potente, precisa ser feita algumas adaptações na rede elétrica e entre outras”, finaliza.

  • AmandaFM_PrimeiroLugar_BANNER_728x90 (1)

1 comentário

  • Léia Deluvino
    08/11/2023 às 08:45

    Notícia excelente para nossa Rio do Sul, aliás, não somente para nossa cidade, mas para todo o Alto Vale. Isso é reflexo de quem pensa na sua gente, emenda do então Senador Jorginho Mello, por isso foi eleito governador, tomara que continue sempre agindo assim.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store