Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

17 de junho de 2024 Rio do Sul
  • ref_B_Unimed AV_Campanha_Laboratório_ETAPA_01_BANNER-GCD_970x250px

Celesc oferece suporte via WhatsApp para problemas com faturas

Sistema recém-implantado causa transtornos; empresa assegura que não haverá cobrança de juros


Por GCD Publicado 09/06/2024 às 12h28
imagem de mulher mexendo no celular
Celesc oferece suporte via WhatsApp para problemas com faturas – Foto: Freepik

A Celesc disponibilizou um número de WhatsApp para facilitar o acesso às faturas para moradores que estão enfrentando dificuldades. O novo sistema adotado pela empresa gerou vários problemas, incluindo a emissão de faturas com erros na leitura do código de barras, causando transtornos aos clientes.

📲 Receba no WhatsApp notícias da região do Alto Vale

De acordo com o gerente regional da Celesc de Rio do Sul, Valdeci José Brito, na quinta-feira, dia 6, mais de 400 pessoas foram à agência em busca de soluções para esses problemas. 

“Porque foi um problema do código de barra gerado pela migração do sistema Siga para o SAP, que é um sistema novo, moderno que vai dar uma nova cara para Celesc. Além disso, vai facilitar a vida do consumidor, porque o aplicativo contempla todas as atividades da empresa e daqui a pouco, quando ele estiver funcionando redondinho, o consumidor poderá da sua casa ter acesso a qualquer tipo de serviço sem se deslocar até a Celesc”, comenta.

LEIA TAMBÉM

Segunda via por WhatsApp

Clientes que tiveram problemas para acessar a fatura de maio podem solicitar a segunda via pelo WhatsApp disponibilizado pela Celesc, no número (48) 99860-0067. Brito explica que, após salvar o contato e iniciar a conversa, os atendentes fornecerão um tutorial para que o cliente possa repassar as informações necessárias.

“Nesse número de telefone, você vai cadastrar no WhatsApp, ele vai pedir o número da Unidade de Consumidora ou CPF, a data de nascimento e instantaneamente a fatura entra no teu celular. Também, estão sendo entregues essa segunda via, até porque, o volume foi muito alto foi em torno de 1 milhão e 200 mil faturas”, ressalta.

Outro problema relatado pelos clientes após a implantação do novo sistema comercial é o débito automático.

“O débito automático também não havia processado, mas o consumidor não precisa se preocupar porque, exceto os da Caixa Econômica, eles estarão até amanhã em tese todos baixados. Além disso, sem juros, sem multa. Aqueles que têm débito automático na Caixa Econômica, vai levar mais uns dias ainda, porque eles estão ajustando esses sistemas“, explica.

Pessoas não serão prejudicadas

Brito assegura que as pessoas não serão prejudicadas. Ele explica que, devido às oscilações na implantação do novo sistema, o fornecimento não será comprometido e não haverá cobrança de juros ou multas.

“Tiveram a data alterada e também ela não considera nem juro, nem multa, então. não existe prejuízo para o consumidor. Existe a preocupação, o transtorno para a empresa, que precisa resolver o problema do cliente, até porque nossa é a responsabilidade. E a preocupação do consumidor que eventualmente tivesse o fornecimento suspenso ou o pagamento de juro que na concepção dele é indevida e está correto”, finaliza.

  • AmandaFM_PrimeiroLugar_BANNER_728x90

3 comentários

  • Celso Baseggio
    10/06/2024 às 11:04

    Minha fatura está em débito em conta. Espero resolver o mais rápido possível.

  • Celso Baseggio
    10/06/2024 às 11:05

    Débito em conta atrasado.

  • Fernando
    11/06/2024 às 23:36

    Paguei com pix 7 dias antes do vencimento e recebi a fatura do mês seguinte dizendo que eu tinha débitos em aberto. Incrível como uma empresa do tamanho da Celesc promove uma trapalhada desse tamanho, afetando milhões de consumidores.

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store