Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de maio de 2024 Rio do Sul
  • WhatsApp Image 2024-05-07 at 08.18.56

Campanha Abril Laranja alerta para prevenção contra a crueldade animal


Por GCD Publicado 17/04/2024 às 12h27
Campanha Abril Laranja alerta para prevenção contra a crueldade animal.
Foto: Freepik

Eles são pequenos, médios e grandes. Uns são mais brincalhões, outros mais calmos. Muitos daqueles que já têm um lar, estão rodeados de carinho e amor dos tutores, porém aqueles que vivem nas ruas não tiveram um final feliz, além da fome e do frio, são vítimas de maus-tratos. Uma realidade que não é de agora e que se repete todos os dias, com o abandono de animais, falta de assistência médica, agressão, exposição excessiva ao sol e ao calor, além de manter o pet acorrentado ou em local não higienizado. Para conscientizar a população sobre os casos de maus-tratos e de prevenção contra a crueldade animal foi criada a campanha Abril Laranja, que chama a atenção para certas ações que as pessoas podem fazer para ajudar os peludinhos que se encontram nessa situação ou evitar que isso aconteça no futuro.

De acordo com o vice-presidente da Associação Protetora dos Animais Desamparados (APAD) de Rio do Sul, Patrick Münzfeld, maus-tratos é crime, com pena de três meses a cinco anos de detenção, além de multa. “Além de ser um ato considerado desumano, ele também é um crime ambiental. Então, esse ato de crueldade contra a vida dos animais, no caso do abandono, acaba o onerando muito a municipalidade, também as ONGs que trabalham com essa bandeira, assim como o sofrimento do próprio animal, enfim, uma série de riscos. Então, esse mês é de reflexão, de prevenção contra crueldade animal e a APAD novamente ergue essa bandeira”, conta.

Cuidados necessários

Com o abandono recorrente na capital do Alto Vale, Patrick traz algumas dicas do que é necessário saber antes de adotar um pet. “Ele exige cuidados específicos, desde a mudança da alimentação até a sua rotina. Exige tempo, paciência, além disso, gastos financeiros, que seja ele castrar, vacinar, alimentação correta, fazer o passeio todos os dias, brincar com animal, dar atenção. Portanto, não é só adotar porque achou o animal bonito, fofo, no dia a dia tem que ter muito cuidado”, relata.

Se você presenciar maus-tratos ou abandono, denuncie. Patrick detalha o que deve ser feito nestes casos. “Você pode ir até a delegacia da Polícia Civil e fazer um boletim de ocorrência. Ter todos os dados possíveis sobre esse crime, como a placa do carro, onde foi deixado o pet, se existe uma câmera próxima. Além disso, pode fazer esse boletim de ocorrência pela internet”, explica.

Por fim, para denunciar ligue 190 ou entre em contato com o Bem Estar Animal através do WhatsApp (47) 3531-1146.

Receba as notícias em primeira mão. Entre em nossa comunidade do WhatsApp.

  • WhatsApp Image 2024-05-10 at 17.11.16 (1)

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store