Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de maio de 2024 Rio do Sul
  • WhatsApp Image 2024-05-07 at 08.18.56

Presidente do PL de Rio do Sul não descarta a possibilidade de coligação com outros partidos 

Milton Goetten explica que nos próximos dois meses o partido deve definir  possíveis coligações e que, no momento, estão abertos a diálogos


Por GCD Publicado 16/05/2024 às 17h34
Essa frase está correta gramaticamente? Presidente do PL de Rio do Sul não descarta a possibilidade de coligação com outros partidos 
Presidente do PL de Rio do Sul não descarta a possibilidade de coligação – Foto: Redação GCD

Nos últimos meses, o Partido Liberal (PL) de Rio do Sul tem realizado diversas ações em preparação para as eleições deste ano. Durante a janela partidária, a executiva recebeu três vereadores da legislatura atual: Eduardo Freitas (Duda), Cláudio Azevedo e Marcos Norberto Zanis. Marcão, inclusive, está entre os nomes considerados para compor a chapa majoritária, ao lado de Manoel Arisoli Pereira (Maneca).

LEIA TAMBÉM

Presidente do PL de Rio do Sul detalha as movimentações

O presidente do PL em Rio do Sul, Milton Goetten de Lima, detalha as movimentações do partido para o pleito eleitoral de outubro. “Começamos a trabalhar porque o PL praticamente não tinha uma estrutura em Rio do Sul, porém tinha uma força política. Começamos a trabalhar na estruturação do partido, com gente nova, o que é muito importante. Formamos um bom diretório com pessoas que eu, inclusive, não tinha contato, mas que, acima de tudo, me chamaram atenção por poderem contribuir. Veio uma orientação, que entendo correta, da parte também da executiva estadual, de que Rio do Sul é uma região importante para o nosso estado e que o PL teria candidato a prefeito”, explica.

📲 Receba no WhatsApp notícias da região do Alto Vale

Possíveis coligações

O presidente comenta que o partido ainda não tem nenhuma coligação definida, mas não descarta a possibilidade de união com outros partidos, como, por exemplo, o MDB e também o partido NOVO. “Estamos, desde o início, também, conversando com o NOVO, de uma forma bem transparente, por alinhamento de ideologia e comportamento. Há um desenho com Zanella e a equipe do NOVO que é muito bom. Ainda há um desenho com outro partido menor que pode ocorrer, mas também negociações com partidos tradicionais e fortes, como o MDB”.

Goetten destaca que o pré-candidato do partido para compor a chapa majoritária é Manoel Arisoli Pereira, e o vice de Manoel ainda não foi definido pela executiva. “O Manoel é pré-candidato e é candidato a prefeito, então, nós não gastamos energia com isso. Em nível de vice, nós também trabalhamos um desenho importante. O público sabe que o Marcos vem trabalhando forte junto; estamos caminhando juntos. Vamos dizer que é uma aspiração e uma possibilidade grande, mas, ao mesmo tempo, temos que entender que quem quer unir precisa também estar aberto à conversa”, ressalta.

Influência do ex-presidente Jair Bolsonaro

O Partido Liberal tem associado sua imagem ao ex-presidente Jair Bolsonaro, que deve oferecer apoio aos candidatos da sigla nas eleições deste ano. Milton reforça a influência da figura do ex-presidente e também enfatiza que o resultado da eleição não está ligado apenas a ele, mas também à necessidade de que o candidato seja uma pessoa preparada para assumir o cargo. “Os dados apontam que, por mais força que o Bolsonaro tenha, se não tivermos um nome bom e viável, não chegamos lá. Quem vai governar o município e tocar o município não é ele, é o prefeito, o gestor, a equipe que estiver com ele aqui. Então, nós precisamos disso”, finaliza.

  • WhatsApp Image 2024-05-10 at 17.11.16 (1)

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store