Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

19 de maio de 2024 Rio do Sul
  • WhatsApp Image 2024-05-07 at 08.18.56

Padre que teve vídeo íntimo vazado é transferido para Curitiba

Padre Carlos Humberto sairá da paróquia de Ibirama. Inquérito foi instaurado para apurar a prática de extorsão contra o religioso


Por Tatiane Silva Publicado 17/05/2024 às 13h38
Homem com roupa de padre de costas.
Vídeo íntimo vaza e padre de Ibirama é vítima de extorsão. Foto: Ilustração/Freepik

O padre Carlos Humberto, que teve um vídeo íntimo vazado, recebeu a transferência de domicílio na quarta-feira, 15. O pároco atuava na paróquia  Santo Huberto, em Ibirama. O fato resultou na abertura de uma investigação por extorsão supostamente cometida contra o religioso.

Nas imagens, o padre aparece apenas de cueca com outro homem. Conforme a advogada do padre, Giliani Coelho, foi instaurado inquérito policial para apurar a prática dos crimes de extorsão, divulgação de imagens íntimas e difamação, com posterior protocolo de queixa-crime contra os envolvidos. 

📲 Receba no WhatsApp notícias da região do Alto Vale

O vídeo causou revolta nos pais de crianças que se preparavam para  a primeira comunhão. Com a repercussão, os familiares se mobilizaram para evitar que o padre conduzisse a cerimônia religiosa. De acordo com a presidência da Congregação Missionários do Verbo Divino, a qual Carlos pertence, o padre será transferido para a cidade de Curitiba. Ele ficará ainda pela região até a próxima quinta-feira, 23, para organizar seus pertences.

LEIA TAMBÉM

Assim, as celebrações religiosas de sábado, 18, e domingo, 19, serão realizadas por um padre de Timbó. Porém, ainda não está definido quem ocupará o cargo de Carlos por definitivo.

Ainda conforme Giliani, deverão ser indiciado criminalmente os envolvidos na divulgação do vídeo serão indiciados criminalmente por crime de divulgação de imagens íntimas.

Condenado por extorsão: polícia prende morador de Vidal Ramos

A Polícia Civil prendeu no dia 14 de março, um homem condenado a mais de seis anos de prisão pelo crime de extorsão

A prisão contou com equipes da delegacia de Vidal Ramos e também de Leoberto Leal. Portanto, a ordem judicial é da Comarca de Pomerode.

O homem morava na localidade Campestre. Assim, após a localização, a polícia realizou os procedimentos e encaminhou o homem ao Presídio Regional de Rio do Sul.

  • WhatsApp Image 2024-05-10 at 17.11.16 (1)

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store