Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024 Rio do Sul
  • ref_B_Unimed AV_Campanha_Laboratório_ETAPA_03_BANNER-GCD_970x250px

Homenagem à cadeia produtiva da cebola da microrregião de Ituporanga

Alesc Reconhece Importância da Produção de Cebola no Alto Vale do Itajaí


Por GCD Publicado 08/07/2024 às 15h24
Homenagem à cadeia produtiva da cebola da microrregião de Ituporanga
Homenagem à cadeia produtiva da cebola da microrregião de Ituporanga – Foto: Rodolfo Espínola Agência AL

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) realizou, no fim da semana passada, uma sessão solene para homenagear a cadeia produtiva da cebola na microrregião de Ituporanga. O evento destacou lideranças políticas, órgãos públicos, associações, sindicatos e empresas do Alto Vale do Itajaí.

📲 Receba no WhatsApp notícias da região do Alto Vale

Importância da cebolicultura

A sessão, proposta pelo deputado José Milton Scheffer (PP), ocorreu na Câmara de Vereadores de Ituporanga. O parlamentar enfatizou então a relevância da cultura da cebola para a região, onde nove municípios são responsáveis por cerca de 30% da produção nacional, com 9 mil hectares plantados. Uma cadeia que gera emprego e aquece a economia.

“A estação experimental da Epagri foi um divisor de águas para o sucesso deste segmento. Portanto, a ideia é homenagear e refletir sobre a importância da cebolicultura no desenvolvimento social e econômico do Alto Vale do Itajaí”, afirma Scheffer.

LEIA TAMBÉM

Contribuições da Epagri

O presidente da Epagri, engenheiro-agrônomo Dirceu Leite, ressaltou o trabalho da instituição iniciado há 40 anos com a criação de uma estação experimental em Ituporanga. A unidade se dedicou assim à pesquisa das condições do solo, doenças das plantas e melhoramento genético.

Papel Socioeconômico

Por fim, Jelson Gesser, presidente da Associação dos Produtores de Cebola de Santa Catarina (Aprocesc), destacou o impacto socioeconômico do cultivo da cebola na região. “A cebola é produzida em pequenas propriedades rurais, geralmente no regime de agricultura familiar. É uma cultura que gera renda e sustento para muitas famílias”, afirma Gesser.

  • AmandaFM_PrimeiroLugar_BANNER_728x90

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store