Para melhorar a sua experiência na plataforma e prover serviços personalizados, utilizamos cookies. Ao aceitar, você terá acesso a todas as funcionalidades do site. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

21 de julho de 2024 Rio do Sul
  • ref_B_Unimed AV_Campanha_Laboratório_ETAPA_03_BANNER-GCD_970x250px

Reabilitação da ponte entre Ibirama e Apiúna deve iniciar até o fim do mês

Obras incluem ampliação e modernização da estrutura na BR-470, melhorando a infraestrutura e a segurança viária


Por GCD Publicado 17/06/2024 às 14h36
DNIT prevê iniciar reabilitação da ponte entre Ibirama e Apiúna até o fim do mês
DNIT prevê iniciar reabilitação da ponte entre Ibirama e Apiúna até o fim do mês

As equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) já instalaram o canteiro de obras para iniciar a reabilitação da ponte sobre o rio Itajaí-Açu II, entre os municípios de Ibirama e Apiúna, no km 111 da BR-470. O projeto visa melhorar a infraestrutura local e facilitar o tráfego na região.

📲 Receba no WhatsApp notícias da região do Alto Vale

Obras aprovadas e planejamento

O DNIT destaca que os projetos executivos para as novas fundações já foram aprovados. Até o final deste mês de junho, devem começar os trabalhos de infraestrutura no fundo do rio, incluindo, então, a ampliação do caminho de serviço e a preparação para a colocação das estacas. Esses passos são essenciais para garantir a estabilidade e a segurança da nova estrutura.

LEIA TAMBÉM

Atrasos e Desafios

Embora as obras já devessem ter sido iniciadas, houve atrasos devido às enchentes que afetaram a região em outubro do ano passado. A complexidade da obra também exigiu estudos adicionais. De acordo com o DNIT, esses fatores contribuíram para o adiamento do início dos serviços.

Mobilização e equipamentos

Até a próxima quarta-feira, 19, a empresa responsável pela execução da obra deve levar os equipamentos necessários para o caminho de serviço. Este caminho, feito de rocha dentro do rio, permite a construção das fundações da ponte sem bloquear a passagem da água.

Impacto no trânsito

Por enquanto, a passagem pela ponte segue normalmente. No entanto, haverá alterações no trânsito quando a fase dos serviços avançar para a execução da laje da estrutura. O DNIT se compromete a informar essas mudanças com antecedência para minimizar os transtornos aos usuários da via.

Detalhes do projeto

A ordem de serviço para a reabilitação da ponte sobre o rio Itajaí-Açu II foi emitida pelo DNIT em maio de 2023. Portanto, o prazo estipulado para a conclusão da obra é de 15 meses, com os seis primeiros meses destinados à elaboração dos projetos básico e executivo, e os nove meses restantes para a execução das obras.

Reabilitação da estrutura

codensul
O investimento total da obra é de cerca de R$ 15 milhões – Foto: Codensul

O contrato prevê a reabilitação da parte estrutural da ponte, incluindo a recuperação de pilares, vigas e lajes. Além disso, a ponte será ampliada de 9,4 para 15,2 metros de largura, permitindo pistas nos dois sentidos, acostamento dos dois lados, barreiras de concreto, passeios para pedestres e ciclistas, e guarda-corpo. O investimento total da obra é de cerca de R$ 15 milhões.

Risco de colapso na ponte entre Ibirama e Apiúna

Por fim, o DNIT em Santa Catarina considera a reabilitação da ponte uma prioridade desde 2016, com base em laudos que apontam risco iminente de colapso da estrutura. A comunidade local espera a conclusão do projeto há anos. Todavia, o serviço sofreu atraso por conta das cheias que atingiram a região em outubro do ano passado, quando o volume de chuva e o nível do rio Itajaí-Açu II chegou a causar a interdição da ponte na BR-470. 

prf
Volume de chuva e o nível do rio Itajaí-Açu chegou a causar a interdição da ponte na BR-470 – Foto: PRF
  • AmandaFM_PrimeiroLugar_BANNER_728x90

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar o App na Google Play Baixar o App na App Store