Associação de Salete é a primeira a garantir, em liminar, que INSS deve pagar salários de grávidas afastadas pela pandemia

Imagem: freepik.

A Associação Comercial, Industrial e Agropastoril de Salete, conseguiu uma liminar que autoriza que as empregadas grávidas e afastadas durante a pandemia tenham seus salários pagos pelo INSS. A decisão atende os associados da entidade. De acordo com o presidente, Rafael Bonsenhor, a Associação é a primeira do estado a receber resultado positivo no pedido. Ele destaca ainda que com a liminar, outras entidades podem buscar a mesma forma de pagamento aos salários das colaboradoras.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.