Matriz de Risco acompanha alta de casos e passa a apontar 15 regiões no nível alto e dois no moderado

Imagem: Governo de SC.

A Matriz de Risco Potencial Regionalizado divulgada no sábado aponta 15 regiões classificadas como risco potencial alto (cor amarelo) e duas no nível moderado (cor azul). Em um comparativo com o relatório divulgado na semana anterior, as regiões do Vale do Itapocu e Alto Uruguai Catarinense se mantiveram no nível moderado e as regiões Grande Florianópolis e Carbonífera se mantiveram no alto. No entanto, houve piora nos indicadores das demais.

O Alto Vale como nível moderado no boletim anterior, passaram para o nível alto nessa semana. A mudança no mapa de risco foi causada principalmente pelo aumento no número de casos confirmados de Covid notificados nestas duas últimas semanas, que tiveram reflexo principalmente na dimensão transmissibilidade, que monitora o número de casos ativos que foram notificados no período e a velocidade de transmissão. Em Santa Catarina, houve um aumento de 208% nos casos ativos registrados na sexta, 14/01 (45.915) quando comparado com o da sexta passada, dia 7/01 (14.884).

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.