Após ações preventivas, levantamento indica que Rio do Sul apresenta risco baixo de contágio de doenças provocadas pelo Aedes aegypti

Imagem: web.

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC), divulga o resultado do Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa) realizado no mês de novembro pelos municípios considerados infestados. A análise indicou que, após ações preventivas, Rio do Sul apresenta risco baixo de contágio de doenças provocadas pelo inseto.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.