Mulher de 59 anos é picada por uma serpente, em Ibirama

Imagem: ilustração.

O bombeiro voluntário da cidade, João Santos, conta que com o aumento das temperaturas a captura de cobras é mais frequente em áreas urbanizadas. O socorrista orienta como proceder em casos de incidentes com animais peçonhentos.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.