Homem que se passava por freira e realizava procedimentos médicos ilegais em município do Alto Vale é preso

Foto: Divulgação Polícia Civil.

Nesta sexta-feira, a Polícia Civil de Santa Catarina deflagrou a operação “Sancta Pecúnia”, contra uma associação criminosa que estava realizando procedimentos clínicos e cirúrgicos, sem a devida formação técnica. Os procedimentos eram feitos por uma falsa freira que, na verdade era um homem, nos municípios de Timbó, Blumenau e Ibirama.


No total, quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos pelas Delegacias de Polícia das Comarcas de Timbó e de Indaial, pela 2ª Delegacia de Polícia de Blumenau e pelo Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Blumenau.
Foram apreendidos objetos referentes aos atendimentos realizados pela personagem, bem como o valor em espécie de R$ 2.850,00.

Além disso, a pedido da Polícia Civil, o Poder Judiciário determinou a indisponibilidade de quatro veículos, pois suspeita-se que os carros teriam sido comprados com a prática dos atendimentos ilícitos. Os “procedimentos médicos” foram publicados em uma rede social. Sendo que, em um dos vídeos, a suposta freira retira um cálculo renal de um cliente. Durante os atendimentos, além de pequenas cirurgias, os suspeitos se utilizaram de elementos religiosos para prometer cura de doenças. A investigação, realizada pela Delegacia de Polícia Civil da Comarca de Timbó, constatou que cada atendimento custava R$ 100, sendo que a “cirurgia” custava R$ 300.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.