Após ser agredida, mulher foge de casa com filho de um ano e se esconde até a chegada da polícia

A Polícia Militar de Leoberto Leal foi informada pelo Copom de Ituporanga por volta das 23h30min desta sexta-feira (5), que na comunidade de Ribeirão dos Ovos, uma mulher estava sendo agredida pelo seu companheiro e que o mesmo poderia estar armado.

Chegando ao local, a residência estava com as luzes acesas e uma das janelas abertas. A guarnição se identificou e foi dada ordem para que o homem saísse da casa, porém ninguém respondia. Ainda foi ligada a sirene da viatura para ver se saía alguém da residência, porém ninguém saiu.

Então foi aberta uma das portas, e a guarnição entrou na residência. Foi até um dos quartos onde foi encontrado o senhor dormindo na cama. Ele foi questionado sobre os fatos e negou o que tinha acontecido. Próximo a cama, em cima de uma cômoda foi visualizado uma pochete preta e dentro dela uma arma de fogo com munições, que negou que fosse sua e disse que alguém havia colocado ali.

Foram feitas buscas e a mulher foi encontrada 500 metros de casa, escondida no meio do mato com seu filho de um ano de idade. Ela relatou que foi agredida por seu companheiro, e que também foi ameaçada de morte saiu de casa com seu filho e ficou escondida no mato e comunicou seu irmão que reside em Alfredo Wagner que foi quem acionou a Polícia Militar. Ele ainda explicou que já foi agredida outras vezes e nunca teve coragem de chamar a polícia pois ele lhe ameaçava.
Os policiais retornaram até a casa e prenderam o homem. Quando se deslocavam para a viatura ele aproveitou a oportunidade e saiu correndo da guarnição, sendo perseguido por uns 300 metros no meio do mato e barro, onde foi alcançado e conduzido até a caixa da viatura.

Os policiais ainda prestaram assistência à mulher para retirada dos pertences do local. Logo após eles foram levados até a central de polícia de Rio do Sul para as providências.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.