Farmácia terá de indenizar pais de bebê de RSL por erro em venda de medicamento que resultou em hospitalização em UTI

Imagem: web.

Com a venda de um medicamento errado, uma farmácia terá que indenizar, em pouco mais de R$ 40 mil os pais de um bebê de Rio do Sul. É que após ingerir o remédio, a criança sofreu paradas respiratórias e foi hospitalizada por três dias na UTI do Hospital Regional. O advogado, Yuri Kramel, explica que o estabelecimento recorreu ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina alegando inexistência de prova de que o produto foi o causador da emergência médica, a culpa exclusiva da mãe e a inexistência de sequelas ou danos à saúde da criança. No entanto, o colegiado confirmou a sentença. Ele afirma ainda que a receita era digitada e não justifica o erro.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.