Estado começa a distribuir vacinas contra a Covid-19 para aplicação da dose de reforço nas pessoas com alto grau de imunossupressão

O estado de Santa Catarina vai enviar na próxima segunda-feira, 20, um total de 33.714 doses da vacina Pfizer às 17 Unidades Descentralizadas de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (UDVEs) para o início da aplicação da dose de reforço nas pessoas com alto grau de imunossupressão, com esquema vacinal completo a mais de 28 dias.
Na região do Alto Vale, 1194 doses serão encaminhadas para a aplicação nos municípios. São consideradas pessoas com alto grau de imunossupressão aquelas enquadradas nas seguintes condições: imunodeficiência primária grave; quimioterapia para câncer; transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 <200 céls/mm3; pessoas que fazem uso de corticoides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias; pessoas que fazem uso de drogas modificadoras da resposta imune (anexo 2); pacientes em hemodiálise; pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).
Nesta distribuição também serão enviadas às UDVEs 248.555 doses da vacina contra a Covid-19 para aplicação da segunda dose, sendo 28.050 da Coronavac; 128.700 doses da Pfizer; e 91.805 doses da AstraZeneca.
As doses da Pfizer devem ser utilizadas para completar os esquemas vacinais das pessoas que receberam a primeira dose (D1) há pelo menos 8 semanas, conforme deliberação da CIB aprovada em reunião extraordinária no último dia 16 que antecipou a aplicação da segunda dose de 12 para 8 semanas.
A distribuição das doses para serem utilizadas como D1 e D2 começa às 8h da manhã. As doses das centrais da Grande Florianópolis, Blumenau, Itajaí, Tubarão, Criciúma, Araranguá, Jaraguá do Sul, Joinville, Mafra, Lages e Rio do Sul serão enviadas via terrestre. Já as doses das centrais São Miguel do Oeste, Chapecó, Xanxerê, Concórdia, Videira e Joaçaba serão transportadas pelo avião do Corpo de Bombeiros Militar.
Texto repassado pela Dive. Responsáveis: Amanda Mariano / Bruna Matos / Patrícia Pozzo

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.