Para reduzir as 100 mil cirurgias eletivas represadas, levantamento indicará procedimentos que serão executados

Imagem: web.

Com mais de 100 mil cirurgias eletivas represadas, o governo do estado se programa para dar andamento nos procedimentos. A ideia é realizar, a partir do mês que vem, 60 mil procedimentos. O quantitativo foi provocado pela pandemia quando os hospitais precisaram focar e estruturar o atendimento para pacientes com Covid-19. O presidente da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Santa Catarina (Fehoesc), Giovani Nascimento, diz que no Alto Vale, o Hospital Regional vai fazer os serviços de alta complexidade, enquanto que as demais unidades vão receber os procedimentos mais simples.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.