Com melhora nos índices, Alto Vale retorna para condição de risco alto para contaminação por coronavírus

Imagem: Governo de SC.

Com a melhora nos dados, principalmente no índice Ocorrência de Óbitos por COVID-19 e Tendência de Internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave, o Alto Vale retornou para a condição de risco Alto, na matriz de risco do governo do Estado. Os índices: transmissibilidade e monitoramento continuam requerendo atenção, de acordo com a matriz. No dado referente à capacidade de atenção, que monitora a Taxa de ocupação de leitos de UTIs reservadas para COVID-19, a região configura na cor azul, ou seja com um bom desempenho. A matriz é divulgada semanalmente e serve como base para as portarias e indicações de atenção das regiões nas ações de combate ao coronavírus. Apenas a região Nordeste está classificada com o risco gravíssimo, na cor vermelha – isto não ocorria desde o dia 4 de novembro de 2020. Outras nove regiões estão em risco grave (cor laranja) e as outras seis em risco alto (cor amarela).

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.