Sem partido, vice-governadora deve apoiar Jair Bolsonaro mas pretende se filiar em outra sigla, antes da decisão dele

Com pretensão de ser candidata em 2022, Daniela Reinehr deve decidir nos próximos dias seu futuro partido político. Ela saiu do PSL ainda no ano de 2019. Apoiadora do presidente Jair Bolsonaro, a vice-governadora, deve acompanhar a decisão dele com relação a nova sigla. Daniela revela que ainda é cedo para falar sobre o próximo ano, mas que “tem menos tempo” para decidir sua nova filiação.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.