Fotógrafo morre durante cobertura de um evento de motocross em Lontras

Texto: Kelley Alves, com informações do Batalhão de Operações Aéreas do CBMSC
Imagem: Batalhão de Operações Aéreas do CBMSC

O evento ocorria na manhã deste domingo, no bairro Dona Paula, quando, por volta das 10 horas, um idoso, que não teve a idade divulgada, foi atropelado por uma das motocicletas que participava do evento. O fotógrafo, que administra uma página na internet com divulgação de eventos de motocross, estava fazendo a cobertura fotográfica da competição. Ele chegou a receber atendimento inicial da ambulância do evento, mas, após inúmeras tentativas de reanimação, morreu no local.

Várias equipes de resgate foram envolvidas no atendimento. O Batalhão de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (BOA/CBMSC), em parceria com o Grupo de Resposta Aérea de Urgência (GRAU/SAMU) e em conjunto com uma empresa privada de ambulância, e com a Bravo do SAMU Ibirama.

Quando a equipe do Arcanjo-03 chegou, a vítima estava em parada cardiorrespiratória com tentativa de reanimção por todos os envolvidos. O paciente recebeu avaliação da equipe médica, incluindo exame de ultrassom em abdômen, pulmão e coração. Identificados sinais incompatíveis com a vida, o médico declarou o óbito.

Pelas redes sociais, amigos e apreciadores do trabalho do fotógrafo prestaram a última homenagem. “Vai com Deus meu amigo. Que Deus te coloque ao lado dele e que você possa proteger nossos pilotos ai de cima. E pé no estribo e cabo enrolado, esse era seu bordão”, disse um dos amigos em um post na página do idoso. Outra pessoa, fez menção à profissão dele. “Deus precisou de um bom fotógrafo na equipe dele, vai com Deus amigo”, escreveu uma internauta.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.