Projeto que cria MEI para caminhoneiro deve ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil.

O projeto que cria o Microempreendedor Individual (MEI) para os caminhoneiros autônomos, aprovado em regime de urgência pela Câmara dos deputados, voltou ao debate pela pressão de preços dos combustíveis e ameaça frequente de novas greves pelos caminhoneiros. O texto, que garante tributação simplificada e menor para esses profissionais, deve ser sancionado nos próximos dias pelo presidente Jair Bolsonaro.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.