DIVE divulga nota de esclarecimento sobre doses vencidas da vacina contra a COVID-19

Nota divulgada pela Dive/ foto: arquivo.

A Secretaria de Saúde Santa Catarina, por meio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica, esclarece sobre a situação de 53 municípios catarinenses que teriam aplicado 732 doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz cujos lotes estavam fora do prazo de validade.

A Diretoria identificou que vários destes registros se tratam de erro de registro, que demandam correção imediata. Um ofício foi encaminhado aos municípios para que investiguem caso a caso, corrijam e deem um retorno ao Estado até segunda-feira, 5. Vários municípios já entraram em contato com a Diretoria, informando que já estão corrigindo os problemas apontados.
A DIVE, responsável pelo recebimento, armazenamento e logística de distribuição das vacinas encaminhadas pelo Ministério da Saúde, para os 295 municípios catarinenses, segue padrão rigoroso de conferência de todos os prazos de validade nos procedimentos de recebimento e distribuição, e não envia fora do prazo de validade para os municípios.

A Diretoria também orienta os municípios de forma permanente, por meio de ofícios e notas técnicas, sobre a necessidade de observação dos prazos de validade das vacinas, bem como para a aplicação de boas práticas na gestão e conservação de forma a manter a qualidade e segurança das vacinas.

Caso algum município aponte a ocorrência de aplicação da dose da vacina contra a Covid-19 com lote após o prazo de validade, deverá reportar à Diretoria para ser analisado.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.