Alto Vale está há quatro meses no risco gravíssimo para o coronavírus, na avaliação do Governo do Estado

Desde o dia 20 de fevereiro a região do Alto Vale aparece na cor vermelha no Mapa de Risco do Governo do Estado, considerada a condição gravíssima. Apesar de aderir a uma série de liberações permitidas através de portarias, a região ainda sofre com algumas.

A Matriz de Risco Potencial para a Covid-19 divulgada pelo Governo de Santa Catarina e Secretaria de Estado da Saúde (SES), neste sábado, 26, classifica 15 das 16 regiões de saúde em alerta gravíssimo. Somente a região do Extremo Oeste se encontra em nível grave. No boletim divulgado na semana passada, a região Nordeste era a única na cor laranja do mapa, mas nesta semana retornou à cor vermelha.

Cada dimensão deve ser interpretada como um sinal de alerta. O aumento do risco em cada uma delas motiva o aumento do risco da região, e deve ser considerada na priorização da atuação local. Com relação ao Alto Vale, o governo considera que a região ainda registra alta ocorrência de óbitos e em alerta máximo para a ocupação de leitos de UTI reservado COVID.

Desde 05 de fevereiro de 2021, a coleta de dados para atualização da avaliação de risco acontece nas sextas-feiras, com divulgação aos sábados e validade a partir das 00h nas segundas-feiras. Essa modificação visa facilitar a organização das atividades e das ações fiscalizatórias a partir das novas classificações. A nova atualização será divulgada em 03 de julho de 2021.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.