Em Petrolândia, presidente do TRE lamenta abstenção

Imagem: Lene Juncek
Com informações do TRE

Durante a manhã, o presidente do TRE, o desembargador Fernando Carioni esteve no maior colégio eleitoral do município, o Hermes Fontes, onde falou sobre a alta da abstenção e da importância do exercício da democracia. A votação segue até às 17h obedecendo as normas de vigilância sanitária.

O bom exemplo de cidadania começou com os mais antigos que, apesar de não serem mais obrigados a votar, fazem questão de participar da escolha dos novos dirigentes da cidade. “Acho importante votar, é o dever do brasileiro”, disse Terezinha Vigger Velho de 78 anos. “Eu voto porque eu gosto”, afirmou Heleno da Silva de 81 anos.

Quem também chegou cedo em um dos colégios onde ocorre a eleição é o advogado Felipe Maciel França, que integra a Comissão de Auditoria de Funcionamento das Urnas pela seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OSB/SC). “É necessário nós averiguarmos como funciona a votação eletrônica, embora ainda temos pessoas que desconfiem do sistema. Então, se faz necessário estar acompanhando e demonstrando, uma vez mais, a integridade da nossa urna eletrônica”, considerou.

A Auditoria de Funcionamento também é acompanhada de perto por observadoras e observadores internacionais, observadores mirins e autoridades judiciais, além de contar com
transmissão ao vivo pelo canal do TRE-SC no YouTube durante todo o procedimento.

Além dessa auditoria, também foi realizada outra para verificar a autenticidade e integridade dos sistemas da urna eletrônica, na seção eleitoral nº 77. Antes de iniciar a votação, a checagem pública comprovou que estão instalados na urna os sistemas oficiais da Justiça Eleitoral.

Até o momento, nenhuma das 11 urnas utilizadas para a eleição precisou ser substituída por outra de contingência. Também não houve qualquer ocorrência de prática de crime
eleitoral. A tranquilidade marcou as primeiras horas de votação, conforme relata o juiz da 39ª Zona Eleitoral de Ituporanga, Rodrigo Vieira de Aquino.

“Os eleitores estão comparecendo, todos os protocolos estão sendo seguidos, não verificamos a princípio aglomeração indevida, a legislação está sendo cumprida e a eleição
está transcorrendo na sua plena normalidade, garantindo que as pessoas com segurança consigam exercer o direito ao voto”, constatou.

Quem atua como mesário há 37 anos reconhece a importância de contribuir para o processo eleitoral. “Aos 18 fiz o meu título e fui convocado para trabalhar como presidente de seção e continuo até hoje trabalhando nas eleições. Eu sempre prestei o meu trabalho em prol da democracia”, afirmou o mesário Ari Felipe.

A jornalista Lene Juncek entrevistou o presidente do TRE Fernando Carioni :

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.