Após liminar que impediu demolição de prédio histórico de Presidente Getúlio, Ministério Público pede tombamento da edificação

Imagem: web.

Durante a semana passada uma liminar interrompeu a demolição do prédio histórico da antiga prefeitura de Presidente Getúlio, após a administração iniciar a retirada de janelas e parte do forro. Com a decisão judicial que sucedeu duas ações populares, junto ao Ministério Público, a promotoria também solicitou à Fundação Cultural de Santa Catarina o tombamento da edificação.

A promotora titular, Daianny Cristine Silva Azevedo, detalha. A assessoria de imprensa de Presidente Getúlio informou, em nota, que não alterou a parte estrutural do prédio, que estava passando por uma avaliação. Confirmou a retirada das janelas e parte do forro, deteriorados por cupim, mas ressaltou que os trabalhos foram interrompidos após a decisão judicial.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.