Ministério Público de Presidente Getúlio ajuíza ação para garantir vagas em creches para pais que optarem por ensino remoto

Imagem: web.

Uma Ação Civil, ajuizada pelo Ministério Público, proíbe que a Secretaria de Educação de Presidente Getúlio promova o cancelamento de matrículas nos centros de educação infantil. Além disso, a promotora responsável recomenda que o município passe a promover o atendimento remoto para pais que optarem por cuidar dos filhos em casa durante o período da pandemia.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.