Fiesc aponta que o Alto Vale tem 20 milhões em obras, para prevenção de enchentes, paradas na Defesa Civil

Imagem: web.

A Federação das Indústrias de Santa Catarina , através do portal Monitora Fiesc, divulgou recentemente que das 14 obras, projetos e estudos para a prevenção de enchentes, monitorados pela entidade, 93% estão paralisadas. No Alto Vale, melhorias pluviais e estudo para construção de barragens, que somam 20 milhões, estão 100% paradas. A Defesa Civil nega a paralisação, afirmando que todas dependem de estudos ambientais.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.