Relatora do impeachment contra Moisés vota por denúncia

Imagem: web.

O tribunal de julgamento analisa, neste momento, o segundo pedido de impeachment do governador Carlos Moisés (PSL). Na sessão, os parlamentares e desembargadores votam se aceitam ou não a denúncia contra o chefe do Executivo de SC no caso dos respiradores. Se seis participantes ou mais do tribunal especial aceitarem a denúncia, Carlos Moisés será afastado por um período de até 180 dias.

A primeira a votar é a desembargadora Rosane Portella, relatora do caso, que fala, no momento, sobre processo de aquisição dos respiradores. A repórter da Rede de Notícias Acaert, Jéssica Mello, acompanha a votação em Florianópolis e traz agora as informações.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.