Alto Vale tem o registro de  cinco mortes por Covid-19 durante o fim de semana

Imagem: GCD.

As vítimas são: um homem, de 69 anos, que residia em Rio do Sul; uma mulher, de 70 anos, que morava em Agrolândia; uma mulher, de 79 anos, de Ituporanga, que estava internada no Hospital Bom Jesus desde o dia 12 de março, estava intubada no Pronto Socorro e aguardava transferência para leito de UTI e houve ainda os falecimentos de uma mulher, de 74 anos, domiciliada em Imbuia, que também estava intubada no HBJ a espera de vaga de UTI e, por fim, um homem, de 67 anos, de Laurentino.

O Alto Vale do Itajaí totaliza, agora, 250 óbitos provocados pela doença. Rio do Sul registrou no fim de semana, a morte de número 50 por complicações da doença respiratória. Em dez dias, foram seis óbitos somente na capital do Alto Vale. Como comparação, no primeiro óbito registrado na cidade, no dia 12 de junho, foram 53 dias até a sexta pessoa vir a óbito. A taxa de letalidade no município é de 0,72%. E do total de 224 pessoas que já precisaram de hospitalização em Rio do Sul, 78,12% tiveram alta. Atualmente, 22 pessoas permanecem internadas. Dos 50 óbitos de moradores da cidade, 35 (70%) são homens e 15 (30%), mulheres. A faixa de idade que teve o maior número de mortes até agora na capital do Alto Vale é daqueles que têm entre 70 e 79 anos, com 15, seguido de 60 e 69 anos, com 12.

Proporcionalmente, moradores com idade acima de 90 anos que tiveram Covid-19 são os que têm a maior taxa de letalidade, com 41%. Nesta manhã, 110 moradores da região se encontram hospitalizados em enfermarias e UTIs em função do agravamento das condições de saúde. Santa Catarina registrou mais 3 mil e 100 novos casos e 68 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia foram 764.299 pessoas diagnosticadas com coronavírus, sendo que 9.539 delas não resistiram e morreram por causa da doença. 397 pacientes aguardam na fila de espera por vaga de UTI.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.