Óbitos provocados por Covid-19, no Alto Vale, totalizam 231

Imagem: GCD.

Em menos de 24 horas, Ituporanga registrou cinco mortes por complicações da Covid-19. Uma das vítimas é um homem, de 52 anos, que estava internado na UTI do Hospital Bom Jesus desde o dia 03 de março. De acordo com a unidade, ele não tinha comorbidades associadas. Entre a noite de segunda e a tarde de ontem, outros quatro óbitos foram confirmados no município. Um homem, de 50 anos, uma mulher, de 62 anos e mãe e filho que faleceram com poucas horas de diferença: ela, com 77 anos e ele, com 44 anos. Somadas a estas, houve ainda a morte de um homem, de 61 anos, que residia em Lontras. E, o falecimento de um homem, de 77 anos, de Presidente Getúlio.

Com estes registros, salta para 231 o número de óbitos causados pela infecção por coronavírus. A taxa de internação, entre os municípios que compõem a Amavi é crescente. No mesmo período, do mês passado, havia 24 pessoas internadas por causa da doença. Já nesta quarta-feira, há 96 moradores da região hospitalizados. É o maior quantitativo desde março de 2020. E, em 30 dias ocorreram 35 mortes. No Alto Vale, entre os 23.447 positivados, 22.008 são considerados recuperados. Dos 1.208 pacientes com a contaminação ativa, 307 são de Rio do Sul, 105 de Ituporanga e 83 de Petrolândia e Laurentino. 1.487 pessoas seguem como suspeitas e aguardam o resultado de exames.

Santa Catarina registrou, na terça-feira, o maior número de mortes por Covid-19. Foram 167 óbitos em 24 horas. Com isso, o estado chegou a um total de 8.958 óbitos por complicações da doença. Em Santa Catarina, 442 pacientes com coronavírus estão na lista de espera por um leito de UTI. Santa Catarina registrou, na terça-feira, o maior número de mortes por Covid-19. Foram 167 óbitos em 24 horas. Com isso, o estado chegou a um total de 8.958 óbitos por complicações da doença. Em Santa Catarina, 442 pacientes com coronavírus estão na lista de espera por um leito de UTI.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.