Aumenta número de pacientes jovens internados com coronavírus na UTI do Hospital Regional

Foto: Ascom HRAV.

O aumento de pacientes jovens internados com Covid-19 na UTI do Hospital Regional alerta para a circulação das novas variantes do coronavírus. O diretor-técnico da instituição, Marcelo Gambetta, conta que a média de idade das pessoas em situação crítica é de 58 anos. Um mês após a primeira confirmação da variante brasileira do coronavírus em Santa Catarina, a Secretaria de Estado da Saúde afirmou que foram identificados 21 casos da variante P.1 do SARS-CoV-2 no estado, identificada, inicialmente, em Manaus.

Segundo a Superintendência de Vigilância em Saúde, 11 casos são autóctones, ou seja, a transmissão aconteceu dentro do estado, e 10 são importados. Nenhum paciente morreu pela doença. Considerada mais transmissível, a variante brasileira do coronavírus já pode ser a predominante em Santa Catarina atualmente. É o que diz a Fiocruz em um estudo divulgado na semana passada, ao afirmar que 63% dos casos de Covid-19 no estado são de novas variantes. Para a Secretaria de Estado da Saúde, essa pode ser uma das razões para o salto no número de casos e mortes nas últimas semanas, que fizeram o sistema de saúde colapsar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.