Com decreto que estabelece lockdown no fim de semana, comércio e transporte coletivo não funcionarão

Imagem: web.

Com a ocupação dos leitos em todo o Estado, a demora para imunizar os públicos prioritários e o avanço da curva de contágio, o prefeito de Rio do Sul, José Thomé, afirma que, enquanto gestor, se preocupa com o fechamento, nos próximos dois fins de semana, de diversas atividades, especialmente o comércio. Para ele é necessário manter o bom senso.

A empresa Ônibus Circular informou em nota, nesta manhã, que todas as linhas e horários estão suspensos nos dias 27 e 28, sábado e domingo. A medida ocorre porque o transporte coletivo não é um dos itens listados no decreto 562/2020, que detalha os serviços considerados essenciais pelo Governo do Estado.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.