A falta de manutenção e os buracos no trecho da SC-350, especialmente no trecho de Aurora e Ituporanga, preocupa a população. A comerciante, Juciania Alves, relata os prejuízos causados pelas más condições da rodovia. De acordo com o coordenador regional da secretaria de estado de infraestrutura e mobilidade, responsável pelo trecho da SC-350, uma empresa deve refazer o projeto rodoviário e a análise de estrutura para o trânsito na região. O processo está em homologação e deve ser executado em um período de até 8 meses. Depois disso, estão previstas audiências com a comunidade para discutir os pedidos de rotatória, trevo alemão, ciclovias e redutores de velocidade, além de arborizações.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.