Segunda morte por covid-19 é registrada em Witmarsum

Imagem: web.

A Secretaria de Saúde de Witmarsum comunicou ontem a segunda morte por complicações do coronavírus. A vítima é um homem de 80 anos que morreu no dia 15 de fevereiro. O município segue com 20 casos ativos e 196 positivos durante todo o período da pandemia. Dos 5.654 vacinados na região, 52 tem domicílio em Witmarsum. O novo registro eleva para 195 o número de óbitos no Alto Vale em função da doença respiratória.

A região tem 478 casos ativos e 24 que seguem internados. O Hospital Regional Alto Vale registrou o óbito de uma mulher, de 60 anos, com domicílio em Caçador. A vítima da Covid-19 veio transferida da região Oeste por falta de leitos. Com este novo caso, a unidade soma 71 óbitos confirmados. Outras quatro pessoas estão internadas no Hospital Regional. Além disso, em Ituporanga no Hospital Bom Jesus, duas pessoas seguem internadas pela doença e no Dr. Waldomiro Colautti em Ibirama quatro pacientes são tratados na UTI.

O Alto Vale passou a receber pacientes, principalmente, da região Oeste após o colapso no sistema. A ocupação de leitos adultos alcançou 100%, segundo os dados do balanço divulgado pelo governo do Estado. Mais um caso da nova variante do coronavírus foi confirmada em Santa Catarina nesta terça-feira (16). O novo registro de mutação foi informado por Joinville e a vítima é um homem de 71 anos. É a segunda pessoa na cidade e a quarta no Estado a registrar a variante P.1, que, segundo estudos, pode ser mais contagiosa.

As informações são da Secretaria do Estado da Saúde e da Secretaria Municipal de Saúde de Joinville. O primeiro caso importado confirmado foi de um homem de 55 anos, morador de Joinville, em 11 de fevereiro. Depois, um homem, de 69 anos, e uma mulher de 64 anos, ambos residentes no Amazonas, foram detectados ao serem internados em Florianópolis. Todos já tiveram alta hospitalar.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.