Hospital de Ibirama se manifesta sobre pacientes encaminhadas para famílias trocadas após o óbito

Imagem: web.

Na terça-feira, 16, uma família da cidade de Ascurra reclamou por não poder velar a idosa Elizia Wunsch, de 92 anos. Ela faleceu no Hospital Doutor Waldomiro Colautti, em Ibirama, na segunda-feira após alguns dias internada. Porém, de acordo com a família, a instituição trocou o corpo dela com o de outra senhora. Os familiares de dona Elizia só perceberam o equívoco na terça, quando o caixão chegou em casa para o velório.

Ao abrirem ele, perceberam que não se tratava da matriarca. Entregue para outra família, o corpo dela foi enterrado em Presidente Getúlio. No final da tarde de ontem a diretora do Hospital, Silvana Leite da Costa, encaminhou uma nota de esclarecimento explicando que o Hospital Doutor Waldomiro Colautti registrou dois óbitos de uma senhora de 92 anos e outra de 94 anos com duas horas de diferença. O documento detalha que foi comunicado os óbitos as famílias, e estas contataram as funerárias de suas escolhas, para o acolhimento e translado do corpos. Após a identificação dos corpos, segundo o hospital, as funerárias contratadas fizeram a retirada dos corpos. E que a funerária de Presidente Getúlio, neste momento retirou o corpo de Elizia Wunsch, de 92 anos.

Já a funerária da família de Ascurra acabou retirando o corpo da senhora de 94 anos. Ao constatar a troca dos corpos, os funcionários do Hospital acionaram as famílias, assim como a assessoria jurídica do Estado. A nota encaminhada pela diretora Silvana Leite da Costa especifica que estes contatos foram feitos entre 10h30 e 12h. Nas dependências do hospital, quando da chegada dos familiares, prontamente foram atendidos e feitos os esclarecimentos a ambas as famílias, sobre o terrível fato ocorrido. A nota finaliza dizendo que o realizou todos os protocolos de identificação dos corpos como preconiza o Núcleo Interno de Segurança do Paciente Hospital Doutor Waldomiro Colautti. A Polícia Civil foi acionada e deve investigar o caso.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.