Moradores do bairro Itoupava são orientados após detecção de leishmaniose

Imagem: web.

Com um caso confirmado de leishmaniose e outros quatro em investigação, a vigilância epidemiológica de Rio do Sul realiza uma série de ações no bairro Valada Itoupava. A doença, transmitida pelo mosquito palha, provoca feridas com bordas avermelhadas que vão aumentando de tamanho e não cicatrizam. A enfermeira, Rosane Gandin da Rosa, traz as orientações.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.