Alto Vale vive pior momento da pandemia e supera a marca de 100 óbitos por Covid-19

Nas últimas horas a região do Alto Vale do Itajaí ultrapassou a marca de 100 mortes causadas pela Covid-19. Seis pessoas com a doença tiveram as mortes confirmadas na noite desta sexta-feira, sendo cinco mulheres e um homem. Na manhã deste sábado (5) mais duas mortes foram contabilizadas, elevando o número de mortes para 102 nos municípios da Amavi.
A região passa pelo pior momento na pandemia do coronavírus, com pelo menos 60 internações em hospitais do Alto Vale ou de outros locais do Estado.

O número de pacientes ativos é de quase 2 mil, sendo que os 100% dos municípios da região possuem pelo menos uma pessoa com a doença ativa, ou seja, capazes de transmitir o vírus. Rio do Sul concentra o maior volume, com 661 ativos. Neste sábado(5) a tabela colaborativa aponta 11.511 casos positivos, sendo que 9.434 estão recuperados e 1.975 ativos. Os seis óbitos registrados ontem foi uma mulher de 74 anos, moradora de Rio do Sul, outra de 72, de Pouso Redondo, duas pessoas de Aurora, sendo um homem de 64 anos e uma mulher de 78, e duas mulheres de Agrolândia: uma de 48 e a outra de 71.

As outras duas foram divulgadas nesta manhã. Um homem de 88 anos domiciliado em Rio do Sul, morreu vítima de problemas de saúde agravados pela Covid-19. Ele tinha comorbidades e estava internado no Hospital Regional Alto Vale desde o dia 30 de novembro. Este é o 16º óbito de morador de Rio do Sul por causa do coronavírus. A outra foi de um paciente de Presidente Getúlio. O homem de 67 anos é a sexta morte do município.

Conforme o novo boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina, 32,2 mil pacientes com covid-19 estão em tratamento atualmente no Estado. O boletim desta sexta registrou 41 novas mortes em SC, somando agora 3939 vítimas fatais desde março. O número de casos confirmados subiu para 389,7 mil, com 6,1 mil novos registros.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.