Santa Catarina terá toque de recolher na madrugada

Imagem: Governo de SC.

Após se reunir com representantes da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e com os prefeitos das 21 maiores cidades do Estado, governador Carlos Moisés decidiu adotar novas medidas restritivas para enfrentamento da pandemia de Covid-19 em Santa Catarina. Em comum acordo com as entidades e os gestores, foi optado pela implementação de um toque de recolher durante a madrugada e pela manutenção do transporte coletivo, desde que seja respeitada uma ocupação máxima de 70% da capacidade dos ônibus.

Além da obrigatoriedade do uso de máscara. As medidas vão valer por um período de 15 dias a partir edição do decreto, que deve ser publicado em até 48 horas. O prefeito de Rio do Sul, José Thomé, participou das discussões, conta que foram solicitados mais leitos de UTI para os moradores do Alto Vale. Também na quarta-feira, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, divulgou a nova classificação da Matriz de Risco, que coloca 15 das 16 regiões de saúde em alerta gravíssimo, incluindo o Alto Vale do Itajaí. Apenas o Extremo Oeste segue em nível grave.

Em relação à semana passada, subiram de nível as regiões do Alto Uruguai e Foz do Rio Itajaí. A taxa de transmissibilidade é gravíssima em 14 regiões. Ainda de acordo com a Matriz, apenas as regiões do Planalto Norte e Extremos Oeste não tiveram um aumento no número de óbitos.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.