Facisc  reúne parlamentares e autoridades para discutir o andamento do edital do Aeroporto de Navegantes

Imagem: web.

Segundo o presidente eleito, Sérgio Alves, se nada for feito, o estado perderá uma grande oportunidade de desenvolvimento. Na ocasião foram apresentadas as justificativas para o possível embargo, como por exemplo, o fato de a carga aérea, que vem de outros países, entrar no Brasil pelos aeroportos de Curitiba e São Paulo e serem deslocadas para o Aeroporto de Navegantes via transporte rodoviário para, só então, serem despachadas.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.