Direção do Colégio COC Rio do Sul anuncia desligamento de professora após repercussão de vídeo-aula

A Direção do Colégio COC Rio do Sul desligou a professora Tanay Gonçalves, que lecionava a Disciplina de Redação. A unidade afirma que o desligamento ocorre com base em decisão fundamentada, com apoio da equipe jurídica e técnica, em conformidade com os procedimentos internos de apuração de incidentes.

É que, em uma aula virtual, ao falar sobre violência na política, a professora afirmou que o presidente Jair Bolsonaro não foi vítima de crime político no decorrer da campanha eleitoral de 2018. Ela disse ainda que Bolsonaro “armou” o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco. Os vídeos circularam nas redes sociais, tiveram repercussão nacional e resultaram nas medidas tomadas pela instituição.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.