Portaria de SC libera ensino presencial nas escolas particulares mesmo nas regiões com o nível gravíssimo na matriz de classificação de risco

Imagem: web.

Uma portaria do governo do Estado liberou o ensino presencial nas escolas particulares mesmo nas regiões com o nível gravíssimo na matriz de classificação de risco, como é o caso da Grande Florianópolis. A portaria da Secretaria Estadual da Saúde (SES) n° 855 da última sexta-feira (6) atendeu à uma decisão judicial após ação movida pelo Sindicato das Escolas Particulares de Santa Catarina (Sinepe).

A SES não concorda com a decisão judicial, especialmente na volta às aulas sem escalonamento. A portaria permite “o ensino presencial para as escolas estaduais da rede particular de ensino da educação básica, extracurricular e de reforço pedagógico nos níveis de risco potencial gravíssimo e grave da Matriz de Avaliação de Risco Potencial Regional”.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.