Após desativar UTI Covid, Ministério Público recomenda que Hospital Regional volte a disponibilizar leitos

Após a desativação da UTI Covid, o Ministério Público recomendou que o Hospital Regional volte a disponibilizar, imediatamente, os leitos destinados ao atendimento de pacientes com suspeita ou contaminação confirmada pelo novo coronavírus. A promotora da 6ª Promotoria de Justiça da Comarca de Rio do Sul, Caroline Sartori Velloso Martinelli, destaca que a Secretaria de Estado da Saúde já solicitou a prorrogação do prazo de habilitação junto ao Ministério da Saúde, no entanto, o requerimento ainda está em análise, porque a portaria permanece em vigor. O não cumprimento da recomendação pode resultar em ação civil pública, além de outras medidas judiciais e extrajudiciais.

Imagem: web.

A Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí também se manifestou sobre a desativação da UTI Covid do Hospital Regional. O diretor executivo da Amavi, Paulo Roberto Tschumi, destaca que além de acionar aos representantes políticos da região estão sendo acionados para apoiar a solicitação de prorrogação da portaria.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.