Professores do Estado devem ingressar com processo judicial caso seja necessário voltar às aulas

Imagem: web.

Na sexta-feira o Sindicato dos Trabalhadores em Educação na Rede Pública de Ensino do Estado de Santa Catarina realizou uma Assembleia. O principal ponto de discussão foi a volta às aulas, a qual os professores do estado são contrários. O coordenador Estadual, Luiz Carlos Vieira, explica que foi afastada a hipótese de greve neste momento. Ele conta que caso seja mantida a decisão de retorno os educadores devem ingressar com um processo judicial. Vieira acrescenta que os professores apoiam o trabalho não presencial.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.